Início‎ > ‎Espécies‎ > ‎

Ring-Neck

Ring Neck

Nomes populares: Ringneck (inglês: ring = anel; neck= pescoço) ou Periquito de Colar, ou Periquito Indiano.

Nome científico: Psittacula Krameri

Origem: Norte da África, Índia.
 
Alimentação:

Basicamente, uma mistura de sementes para papagaios, geralmente constituem: alpiste, painço, aveia, girassol, amendoin, milho verde etc.


Frutas, legumes e verduras: goiaba, maçã (retirar as sementes), mamão, cenoura, pimentão, jiló, beterraba.

Importante: deixar disponível uma barra de cálcio ou osso de siba, principalmente, na época de reprodução. Além de “afiar” o bico, ajuda na formação e postura dos ovos. 

Água limpa sempre a disposição.

Não forneça: Abacate, chocolate, bebidas alcoólicas, alimentos que contenham sal, cafeína ou gordura em excesso.

No período de troca de penas (dezembro/janeiro) e reprodução é bom dedicar uma atenção maior à alimentação, variando-a o máximo possível.



Reprodução

Julho a Janeiro. - Na época de reprodução, as fêmeas instintivamente “gostam e precisam fazer” o ninho. Porém como este já está pronto, às vezes, ela rói algumas partes do mesmo.

 

Por isso, para que ela o “faça”, pode-se pôr dentro dele um pouco de serragem e/ou pedaços pequenos de madeira para que o casal o prepare a seu modo e não danifique o que está pronto.





Formando o Casal:

Se o casal for adquirido junto e mudarem de ambiente, adaptaram-se facilmente.

Se já houver uma ave e outra for introduzida, é importante observar se a ave que já estava inserida no viveiro vai ser receptiva ou se, para proteger o território, será hostil com o novo companheiro (a). Como são aves gregárias convivem bem juntas.

Os casais ficam prontos para reproduzirem-se a partir do segundo ano de vida, as fêmeas (principalmente as verdes) podem até reproduzir no primeiro ano, mas o ideal é não forçá-las a botar usando medicamento. Já os machos, por serem muito jovens, podem ainda não fecundar as


os ovos no primeiro ano, estando aptos somente no segundo ano.

A diferença entre os machos e as fêmeas se dá aproximadamente, após a segunda ou terceira troca de penas, ou seja, do segundo para o terceiro ano de vida. Os machos passam a exibir um colar ou anel preto e rosa no pescoço, daí o nome Ringneck (do inglês: ring = anel, neck= pescoço). As fêmeas ficam apenas com o sinal do anel, assim como os jovens ou filhotes.

A Corte

No final do inverno começa o período de reprodução. Os machos intensificam as exibições para as fêmeas, cantando e “dançando” e passam a alimentá-la com mais freqüência. Esta, por sua vez, numa atitude de receptividade e aceitação, abaixa-se ou inclina-se um pouco, contraindo os

olhos e produzindo um som semelhante a um “gemido”. Todo este ritual indica que o casal está, realmente acasalado ou, como costuma se dizer, “formado”.Depois de formado o casal e com o ninho já instalado no viveiro é só esperar os ovos e os filhotes.Também na época da reprodução pode se fornecer vitamina E, encontrada em pet shops. Isto é dispensável, pois pássaros saudáveis e bem alimentados iniciarão naturalmente a reprodução no tempo certo.

Mutações

Mutações primárias: são as que ocorrem espontâneamente, não se pode produzir. Existem atualmente no Ringneck em torno de 50. Como exemplo, Lutino, Verde-Cinza, Azul, Canela, Pallid, Turquesa, Violeta, etc.

Combinação de cores: junta-se num só pássaro, gens de outras cores/mutações para formar novas cores. Existem atualmente mais de 340 combinações. Os modos de herança genética (Ligado ao Sexo, Recessivo e Dominante) podem ser combinados em pássaros atravéz de acasalamentos a fim de produzir novas cores. 















































































































































































































































































































































































































































































M